Copy
Presenciamos nos últimos dias um acontecimento que vai marcar o campo de tecnologia e sociedade: a demissão violenta de Timnit Gebru da Google, minando o pouco de confiança que tinhamos na empresa em seguir sua antiga missão "Don't be evil". Apesar disto, as resistências, produções e criações seguem a todo o vapor. Confira isto e mais:
DESTAQUE:
100 Mulheres Brilhantes em Inteligência Artificial e Ética
Conferência e curadoria reúne referências e debates sobre inteligência artificial de todo o mundo, inclusive com a presença de brasileiras como Andreza Rocha e Nina da Hora, junto a outros nomes como Ruha Benjamin, Abeba Birhane, Latanya Sweeney, Rumman Chowdhury e mais
+ NOTÍCIAS E CONTEÚDOS:
Contrariada, Google demite referência em inteligência artificial e ética
A Google demitiu de forma violenta uma das maiores referências internacionais em inteligência artificial e ética, Timnit Gebru. O caso demoliu o restante de confiança pública sobre as iniciativas da empresa em desenvolver tecnologia de forma ética.
Apoie a campanha #ISupportTimnit (em inglês)
Leia mais sobre o caso e apoie a campanha de apoio à Timnit Gebru, que já conta com mais de 1,6 mil funcionários da Google e 2,5 mil pesquisadores, profissionais e ativistas
Mentoria Afirmativa
Equipe do projeto "Orientação Afirmativa", que apoia postulantes a mestrado e doutorado em Minas Gerais, lança novo braço de conteúdo
Dossiê sobre afromoda
A revista Dobras publicou dossiê sobre afromodas, imagens e narrativas negras editado por  Dulcilei da Conceição Lima e Maria Claudia Bonadio
Racismo Algorítmico
Debate reuniu os professores da UFMG Maria Aparecida Moura (Ciência da Informação) e André Mintz (Belas Artes)
Inteligência Artificial, Comunicação e Dados
Evento COLAB 2020 recebeu Larissa Santiago, Anna Bentes e Marie Santini para debater inteligência artificial, comunicação e dados
Dossiê "Sociabilidades e Agências Digitais: Sujeitos, coletivos e instituições "
Revista Observatório (UFT) lança dossiê bilíngue com 19 artigos na temática
Controvérsias sobre danos algorítmicos
Artigo discute táticas discursivas de grandes empresas de tecnologia em casos de danos algorítmicos
LEIA E CITE AFRODIÁSPORA:
Franciele Garcês
Bibliotecária, faz doutorado em Ciências da Informação e estuda a biblioteconomia negra nos Brasil e nos EUA. Com vasta produção científica no tema, é também criadora do Selo Nyota. Entre suas principais publicações estão "Biblioteconomia negra brasileira: caminhos, lutas e transformação", "A inserção das temáticas africana e afro-brasileira e o ensino de Biblioteconomia"  e a co-organização dos livros "Epistemologias Latino-americanas na Biblioteconomia e Ciência da Informação: contribuições da Colômbia e do Brasil" e "Epistemologias Negras:​Relações raciais na Biblioteconomia".
Timnit Gebru
Doutora em Inteligência Artificial por Stanford, Timnit Gebru pesquisa e desenvolve modelos em inteligência artificial e visão computacionala. Cofundou o evento FAcct, voltado a promover equidade, accountability e transparência na IA e o grupo Black In AI, que promove a presença de negros no campo. Entre suas produções estão trabalhos sobre disparidade intersecional no reconehcimento facial; modelos para reporte de dados de treinamento; aprendizado profundo para descobrir características demográficas; classificação de imagens de veículos; estratégias para coleta de dados socioculturais para aprendizado de máquina; entre outros.
Twitter
Website
LinkedIn
Link
YouTube
Copyright © 2020 Desvelar, All rights reserved.


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.

Email Marketing Powered by Mailchimp