Copy
Na newsletter #32, novas publicações sobre reconhecimento facial se destacam. A violência estatal redobrada potencializada por esta tecnologia tem impactos interseccionais gravíssimos e devemos abordá-la por lentes para além do institucionalismo asséptico. Vamos lá?
DESTAQUE:
Navio negreiro e vigilância no Brasil
Pesquisadores Elizandra Salomão e Pedro Monteiro conectam a produção de Simone Browne com a de sociólogos brasileiros como Clóvis Moura para posicionar o navio escravista como paradigma para entender tecnologias de vigilância nos últimos séculos no Brasil
CONTEÚDOS E NOVIDADES:
Jornalismo, Raça e Gênero
Livro de acesso aberto, organizado por pesquisadoras da UFAC, estuda indaga as perspectivas epistemológicas, conceituais e práticas da atividade jornalística a partir de raça e gênero
Reconhecimento facial e identidades trans
Relatório analisa sistemas de reconhecimento facial utilizados pelo governo federal como forma de verificar identidades e destaca desafios para a privacidade e autodeterminação de gênero
Arte, negritude e Inteligência Artificial
Prêmio da Mozilla agraciou 8 projetos sobre "interrogações negras sobre IA". Confira para conhecer os projetos, artistas e protótipos.
Apple bloqueia busca 'asian'
Ferramenta de bloqueio de conteúdo adulto no iOS inclui o termo "asian", devido a quantidade de conteúdo pornográfico. Qual o impacto deste solucionismo?
Curso: Feminismo Negro
O curso "Feminismo Negro: pensamento e ação", por Dulci Lima, começa 23/02 e inclui módulo sobre ativismo nas mídias sociais
Interpretando reconhecimento de imagens
Ali Abdalla apresenta uma história visual de métodos para "interpretar" o funcionamento reconhecimento de imagens em prol de explicabilidade
PARA DESCOBRIR REFERÊNCIAS:
Fernanda da Silva Lima
Doutora em Direito, é professora na pós-graduação e graduação na UNESC. Entre seus principais trabalhos estão "Neutralidade Tecnológica: Reconhecimento Facial e Racismo", "Encarceramento Feminino na América Latina e a Política de Guerra às Drogas" e "A Luta Antirracista das Comunidades Quilombolas no Brasil na Perspectiva da Educação Intercultural".
Shayk-Akil McLean
Doutor em Biologia e Mestre em Antropologia, Shayk-Akil McLean estuda sistemas humanos e a distribuição diferencial de recursos e qualidade de vida. Entre seus trabalhos estão "Isolation by Distance and the Problem of the Twenty-First Century", "Science That Unsettles", "Du Bois Meets Darwin" e o standup "Shay-Akil McLean's adventures as a man with a uterus"
Twitter
Website
LinkedIn
Link
YouTube
Copyright © 2021 Desvelar, All rights reserved.


Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.

Email Marketing Powered by Mailchimp