Copy
19 de março de 2021
Oi, tudo bem? 

2021 se mostra diferente. Depois de um ano dentro de casa, parece que o tempo acelerou. E as crises na tecnologia também: a escassez de chips vem aí e vai acertar em cheio os fabricantes de smartphones. Mas tem boas notícias também - dos novos "intermediários premium" Galaxy A52/A72 ao curso online mais vendido no Coursera nos últimos tempos: como ser feliz. Tarefa árdua, mas seguimos tentando.

Boa leitura e até semana que vem - Henrique e Samir
Eletrônicos de consumo
CAUSAS/CONSEQUÊNCIAS
2019: Huawei banida de fazer comércio com os Estados Unidos.

2020: Pandemia de Coronavírus afeta fabricação global de eletrônicos.

2021: Qualcomm sofre com a demanda alta de processadores para smartphones, afeta grandes montadoras de carros (que dependem cada vez mais de silício) e a fabricação de smartphones da Samsung - a empresa afirma um grande "desequilíbrio" está por vir.

Menos participação da Huawei no mercado de smartphones, mais demanda por outros fabricantes que não usam chips próprios, maior demanda para Qualcomm, MediaTek e afins. 

Vai sobrar para o carro-chefe da marca no segundo semestre, o Galaxy Note - não devemos ver uma geração nova do smartphone grande com canetinha em 2021. Até a Apple pode sofrer consequências

Em notas relacionadas, a Huawei decidiu começar a cobrar dos fabricantes de smartphones (oi Apple, oi Samsung) as licenças das suas patentes de 5G - já que tem a maior parte delas em todo o mundo e, bem, pode aumentar seu caixa em 2021 em US$ 1,3 bilhão só com isso. 

E a relação entre Brasil e China  vai além de matérias-primas para a fabricação de vacinas: inclui o 5G, óbvio.
Snapdragon 888: smartphones premium podem sentir falta dele (Qualcomm/Divulgação)
SÓ PRECISA COMBINAR COM O DÓLAR
O governo federal reduziu a alíquota de importação de eletroeletrônicos no Brasil, o que pode refletir em smartphones e computadores mais baratos. 
SUBIU O NÍVEL
A Samsung anunciou no "Unpacked Absurdo" (adoramos o nome) os smartphones Galaxy A52, A52 5G e A72: são os carros-chefe da linha intermediária da marca para 2021, agora com recursos emprestados dos modelos topo de linha (e ocupando bem esse lugar de mid-premium - deixando os S como artigos de luxo), como câmeras mais poderosas com zoom óptico, telas grandes com taxa de atualização alta (90Hz a 120Hz) e design mais refinado.

Em 2020, o Galaxy A51 foi um dos Androids mais vendidos do ano - o que justifica o investimento da Samsung em um evento próprio para a linha. No Brasil, a estratégia do Galaxy A 2021 será anunciada em 07 de abril.
Galaxy A52/A72: cada vez com mais recursos premium, sem custar um rim (Samsung/Divulgação)
LÁ VEM, LÁ VAI
iPads novos a caminho, diz a Bloomberg - incluindo iPad Pro com tela mini-LED e processador mais rápido.

Em notas tristes, o Homepod original (que nunca foi lançado no Brasil) saiu de linha
QUARTO E COZINHA
No Brasil, a Amazon lançou o Echo Show 10, o alto-falante com tela de 10 polegadas que te segue - acreditamos que é um gadget para colocar na cozinha, se você tiver espaço. 

Nos EUA, o Google anunciou o Nest Hub de segunda geração. Também é um alto-falante com tela (fixa) de 7 polegadas com um truque muito esperto: usa uma tecnologia de radar (Soil) para monitorar seu sono à distância, sem usar sensores no corpo ou uma câmera integrada.
Nest Hub: OK Google, monitore meu sono (Google/Divulgação)
UM DE CADA VEZ
Mais um smartphone Nokia fabricado no Brasil: agora é a vez do Nokia 2.4, um modelo de entrada.
DOBRÁVEL SEM QUERER
JerryRigEverything, conhecido torturador de eletrônicos no seu canal do YouTube, pôs à prova o novo ASUS ROG Phone 5 e, bem, parece que a Asus criou um smartphone gamer que não pode ir muito longe da mesa do dono
SINAL TROCADO
Justin Long, o "Mac" das campanhas Mac x PC da Apple de quase 20 anos atrás, agora volta a aparecer em anúncios de tecnologia - agora ele é garoto-propaganda da Intel.
REVERSAL RUSSA
iPhones vendidos na Rússia terão apps pré-instalados aprovados pelo governo como opção durante a configuração inicial do aparelho.
AGORA TODA SEMANA ISSO?
Pelo menos a fonte é oficial: o Facebook mostrou um "mouse de pulso" (errr, OK) e falou das suas pesquisas futuristas, mas realmente quer colocar no mercado um par de óculos inteligentes. Repetimos: não, obrigado.

ACHADOS AMAZON DA SEMANA
CULTURA DIGITAL
SEGURANÇA
Em seu relatório anual de segurança de anúncios, o Google relatou ter bloqueado mais de 3,1 bilhões de anúncios e limitado outros 6,4 bilhões. Os números parecem (e são) altos, mas se mantém relativamente estáveis levando em consideração os últimos anos.

O destaque para este relatório é a ação contra anunciantes que se aproveitaram da pandemia para veicular anúncios de curas falsas ou de produtos de proteção pessoal (máscaras, álcool gel) com preço inflacionado. A ideia é proteger o consumidor dos abusos e manter os bons anunciantes confiantes na plataforma.

Ao todo foram bloqueados 99 milhões de anúncios relacionados à COVID-19.
REVISÃO
Depois do banimento de Donald Trump, o Twitter vai questionar (em uma pesquisa pública em abril) seus usuários sobre como agir com contas de líderes mundiais - e se eles devem ser tratados como o resto dos mortais.

A resposta "sim" é mais que óbvia, certo? 
ELVIS TRAVOU SUA CONTA
Quem tuitou o termo "Memphis" no último final de semana teve a conta suspensa temporariamente. Culpa de um bug no Twitter (já resolvido).
INSTAGRAMZINHO
Instagram. Para crianças abaixo de 13 anos. Leia de novo: Instagram. Para crianças abaixo de 13 anos.

Nada como conhecer hábitos e criar perfis desde cedo, afinal. Lado positivo: proteger de malucos pervertidos (ou ser um ímã deles para levar para a Justiça).
PARA VER NA TV DE TUBO
Liga da Justiça "Snyder Cut", já nos streamings, tem aspecto de tela 4:3 em vez do tradicional 21:9 do cinema. Motivos? Respeitar a "visão criativa" do diretor.
MAIS PARA OS DEVS
Seguindo o que a Apple já fez, o Google reduziu para 15% a porcentagem da taxa cobrada de desenvolvedores que faturam até US$ 1 milhão com apps e jogos na Play Store. Passou desse valor, a comissão volta para os habituais 30%.
O QUE O FACEBOOK FEZ CERTO ESTA SEMANA
QUEM FEZ ERRADO ESTA SEMANA
  • O Facebook criou um guia de regras internas para lidar com a polarização política, da qual segue dizendo que não tem culpa nenhuma por acontecer/existir. 
     
  • A Amazon está sendo acusada de disseminar desinformação sobre Covid-19 em suas lojas de livros mundo afora - e ainda empurrar uns livros conspiratórios junto.
INACREDITÁVEL
A gente imaginava deepfakes sendo usados contra políticos e famosos. Na vida real, uma mãe na Filadélfia criou vídeos falsos contra cheerleaders rivais da sua filha - para fazer com que elas saíssem do time. 
HYPE DO DIA (1)
O Clubhouse segue sendo clonado (Telegram, quem diria, e Facebook, mais que esperado, agora com novos rumores). A rede social de áudio anunciou um "programa de aceleração" para criadores na plataforma.

Mas executivos de outras companhias encontraram um uso muito útil para o Clubhouse: um meio de fazê-los falar com um público qualificado (e imprensa) - Mark Zuckerberg (sim, ele mesmo) fez uma sessão onde anunciou que o Facebook tem mais de 1 milhão de lojas. Megafone de imprensa, então?
HYPE DO DIA (2)
Seguimos no trem do NFT: 
COMO DESVIRTUAR UM JORNALISTA
Associe seu pagamento à popularidade dos artigos que ele escreve - o Daily Telegraph da Inglaterra vai fazer isso. Nem precisa dizer que vai bombar de coisa sensacionalista - Henrique está tentando lembrar qual site de tech fazia (faz?) isso aqui no Brasil faz tempo.
LINGUÍSTICA
F.O.D.A não é o que você está pensando: é o "medo de namorar de novo depois da pandemia" (fear of dating again). Faz sentido em inglês, em português é como o nosso "sextou" para os gringos ("sex-to-you").
REI DO QUE?
Entendemos que Elon Musk é uma figura-chave na tecnologia mundial. Mas não entendemos por que ele se denominou TECNOREI da Tesla. Argh. 

E uma pessoa que queria mesmo se separar de seu dinheiro caiu em um golpe que usava o nome do reizinho para dar prejuízo a investidores de bitcoin (uma olhada rápida nas respostas a tweets de Musk traz vários fakes do CEO imperial).

NÚMEROS ENORMES
O jornalista Luiz Gustavo Pacete deu uma prévia dos números presentes no relatório Techtubers, feito pela Interfaces com a Novelo. Saiba mais (e compre) aqui
GAMES
MARIO WORLD
Eis que abriu o parque do Mario no Japão e milhares de fãs anseiam pela normalização de viagens e criam esperanças de visitar a terra prometida do nintendista em 2022.
FORTNEYMAR
O atacante brasileiro vai se juntar a diversas figuras da cultura pop que já foram representadas por skins do jogo. Neymar entra nessa temporada junto com Lara Croft.
E-NVESTIMENTO
A Sony adquiriu a EVO, organizadora de um dos maiores e mais tradicionais campeonatos de e-sports do mundo.

O que sinaliza - como já dissemos algumas vezes - a consolidação do mercado de e-sports (que antes era visto como promessa) e a busca de grandes empresas de se posicionarem de maneira a não ficarem de fora da tendência.
O TOQUE DO FUTURO
Os controles de VR do PS5 foram revelados e eles são bonitos, com um toque quase orgânico nas curvas...
Diferentes do padrão, controles são voltados para os jogos de realidade virtual (Sony/Divulgação)
BRIGA DURA
A EA quer acabar com o racismo no FIFA 21… moderação de comunidades online segue sendo um dos grandes desafios dos e-sports.
LEITURAS LONGAS
FELIZ
Um curso de Yale oferecido no Coursera já atraiu mais de 3 milhões de alunos: "A ciência do bem-estar" - ou como tentar ser feliz em tempos bicudos de pandemia.
COSPLAY
No SCMP, um perfil do Bilibili, site chinês sobre cultura anime que vem crescendo rápido entre a geração Z.
SAUDADES
No Gizmodo, uma lembrança emotiva do primeiro PC do autor nos anos 90.
TECHBIZ
ADEUS VCS
Startups nos Estados Unidos estão se aproveitando de uma nova regra da SEC (a CVM deles) para levantar dinheiro direto de investidores pessoais, sem precisar passar por rodadas e rodadas de venture capital.
TELEGOOGLE 2000
Faltam profissionais de tecnologia? Crie seus próprios: o Google está oferecendo cursos de qualificação em várias áreas.
QUERO SER GRANDE
A XP Investimentos vai promover em maio o CTO (diretor de tecnologia) para CEO e colocou tecnologia como grande meta para crescer (diz que se inspira nas Big Tech).
CARTEIRA ASSINADA
O Uber reconheceu o veredito na justiça do Reino Unido de que seus motoristas são "trabalhadores" (e não "empregados", o que é mais flexível) e vai pagar salário mínimo e férias para mais de 70 mil pessoas. Se a moda pega...
MISTÉRIOS
Queremos entender os motivos de o MS Bank dizer que a Wise (ex-TransferWise) enviava dinheiro de forma ilegal para o exterior. Até onde sabemos, o Banco Central tem um monte de regras para lidar com remessas para fora do país, e essa história segue bem esquisita.
ATIROU…
A Locaweb diz que compra um monte de empresas, mas não é para "empilhar receita" (meio óbvio).
... E ACERTOU
A Totvs, que também segue em uma maratona de compras de empresas de tecnologia, diz que não vai "pisar no freio". Bom para quem tem startups de tech, certo?
Compartilhe