Copy
14 de janeiro de 2022
Bom dia, Interfacers!

Semana clássica de começo de ano, com uma segunda marcha engatando rumo à temporada de lançamentos de fevereiro e março. 

Para encerrar o assunto da CES e o Covid, aparentemente nossos quatro conhecidos que pegaram a praga em Vegas estão bem já (viva as vacinas). Mas o tema segue polêmico lá fora – saúde pública, afinal.

Grande leitura, indiquem Interfaces para os amigos e fiquem em casa :) 
Eletrônicos de consumo
VAI E VEM
O Exynos 2200, novo processador da Samsung – e o primeiro feito em parceria com a AMD – deveria ter sido lançado dia 11 (ou 12, dependendo do fuso horário), só que não foi

Zero problema aqui, a Samsung mudou a estratégia e trocou a data do anúncio ficou para "junto do Galaxy S22". Ou seja, em algum momento de fevereiro.
SEGUE VAZANDO
Falando em Galaxy S22, os aparelhos já começaram a dar as caras na homologação da Anatel.

Falando na agência, o realme 9i também apareceu por lá.
RÁPIDO E EFICIENTE
E ainda no tema, o Galaxy S21 FE, anunciado na CES (falamos dele semana passada) já está à venda no Brasil, junto com o resto do mundo.

Pelo preço sugerido de R$ 4.499, vale mais a pena comprar um S21 ou S21+. 
DE VOLTA (MAIS OU MENOS)
A Motorola lançou um tablet com Android, o Moto Tab G70.

É um modelo da Lenovo que ganhou um retrofit para se encaixar na linha Motorola e mais um a tentar ocupar espaço nesse faroeste que é o mercado de tablets Android. 

Faroeste? De um lado, porcarias com Android 7, 8 (ou menos) feitas para criancinhas quebrarem na mesa do restaurante, do outro iPads e Galaxy Tabs caríssimos.
Um tablet requentado pode abrir uma brecha interessante no mercado (Motorola/Divulgação)
AINDA A FALTA DE CHIPS GLOBAL
Por um lado, a Canon teve que ensinar seus consumidores a burlar os avisos de "toner não original" em suas impressoras. 

E por outro, a TSMC, fabricante de chips de Taiwan, vai investir só US$ 40 bilhões (sim, BI-lhões) em expansão de negócios neste ano.
PROBLEMA DE PRIMEIRO MUNDO
Nos EUA, o SMS segue disparado como campeão de uso e, por conta disso (e da ausência do Zap por lá), voltou a discussão das cores dos chats de mensagens da Apple (iMessage) - se você tem um iPhone, sua mensagem aparece azul, se tem Android fica verde.

E isso leva a bullying e discriminação (!). Tem toda uma discussão de quando (e se) a Apple vai migrar de SMS para RCS 

A Apple mantém o sistema de distinção dando funções aos seus usuários que usuários de Android não têm.
PORTEIRA FECHADA
Um dos recursos mais interessantes do iCloud da Apple é o Transmissão Privada, que cria uma VPN e te torna anônimo (naquelas) por onde navegamos na web.

As operadoras de telecomunicações, porém, não gostaram nada disso: perderam o jeito de rastrear seus consumidores e ficaram bravinhas. Tadinhas! 
ESPIÃO
Atletas da Grã Bretanha foram aconselhados a deixar seus smartphones em casa quando embarcarem para a Olimpíada de Inverno mês que vem, em Pequim. Motivo? Medo de espionagem.
INTERFACES INDICA
CULTURA DIGITAL
COM 5 LETRAS, A PALAVRA É ‘CÓPIA’
Como mencionamos na semana passada, os jogos de adivinhar palavras estão com tudo - e o WSJ foi atrás do Wordle (a versão original do Termo).

Nem só de homenagens em outras línguas vive o jogo. Muita gente fez cópias para ganhar um troco nas app stores.
UMA NO PREGO, OUTRA NA FERRADURA
Na última edição reclamamos da falta de ação do Twitter Brasil em combater desinformação sobre vacinas.

Essa semana, talvez para dizer que tem algum interesse nisso lá dentro, a conta do "véio da Havan" foi suspensa.
ETÉREO
NFTs seguem como tema de discussão no mundo real - seja no formato de jarras de pum (é sério) vendidos como tokens ou agasalhos virtuais da GAP que podem virar roupas reais.
PETIÇÃO
Axel Webber, tiktoker do mundo da música, foi rejeitado por uma universidade, seus fãs resolveram intervir. Velha máxima do mundo digital: não mexa com fandoms, eles movem montanhas.
NO AR
27 pessoas foram detidas para investigação em um voo entre Cancun e Quebec. Era um avião cheio de influenciadores e, claro, muitos com Covid.
SINAL CONFUSO
O que poderia dar errado ao se misturar anonimato na troca de mensagens e criptomoedas? Muita coisa, e essa é uma preocupação envolvendo um de nossos apps de mensagens favorito, o Signal - que está de CEO novo.
AMOR NA ERA DO ARRASTA PARA O LADO
ZUMBI
Em tempos de metaverso, ele voltou: o Second Life (quer dizer, mais ou menos). Aguardamos agências de publicidade retomando o hype de anos atrás criando mundos lá dentro para ninguém usar, mas cheios de marcas que podem queimar dinheiros com isso.
NÚMEROS ENORMES
Baby Shark bateu 10 bilhões de visualizações no YouTube. Bom resto do dia com a música na sua cabeça agora.
 
FARMVILLE GTA
A publisher de GTA, Take Two, comprou a Zynga, de Farmville. A negociação envolveu mais de US$ 12 bilhões e é a maior da história do setor.
NA UNHA
Esqueça o NFT, deixe de lado o QR Code, a nova ideia é desbloquear itens em Forza Horizon e Halo comprando esmaltes.

Sim, aqueles de unha. Nerdolas devem estar bravinhos por aí. 
LEITURAS LONGAS
OBSESSÕES
Na Jezebel, por que a geração Z curte tanto a década de 1980? (Para a gente, do mesmo modo que a geração X curtia os anos 60/70 nos 90).

Vale notar que 1990 foi dez anos atrás, certo? 2000 também.
NO REST OF WORLD
Duas leituras legais: uma sobre os esforços da China para banir deepfakes e outra sobre a treta do Paraguai, Itaipu e mineradores de Bitcoin em busca de energia barata.
TECHBIZ
RH
Já ouvimos falar de entrevista de saída de empresa, mas de entrevista de "quer ficar?" é a primeira vez.
OPORTUNIDADE DE LAMBANÇA
O Itaú testa em Minas Gerais a possibilidade de pessoas abrirem contas bancárias pelo WhatsApp.
EXPANSÃO
Nem só de copo Stanley falso (e AirPod duvidoso) vive a Shopee: tem um mercado grande oficial de marcas grandes crescendo lá dentro.
Compartilhe